contábilIFRS 16negóciosVeja 4 Passos para adequar sua Empresa à IFRS 16

18/01/20210

Veja 4 Passos para adequar sua Empresa à IFRS 16

 

A IFRS 16 (CPC 06), trouxe grandes desafios para empresas com perfil arrendatário no mundo todo. Com tantos desafios, muitas companhias não conseguiram se preparar o suficiente e, por isso, não estão plenamente preparadas e nem adequadas para IFRS 16.

A PwC realizou uma entrevista com 400 executivos e mais da metade (55%), afirma não ter feito uma transição ideal para cumprir a longo prazo as exigências da IFRS 16.

Entre as dificuldades mais comuns estão a falta de orientações da norma e a maneira de como identificar a maneira correta de tratar operações de arrendamento; comunicação com investidores; e o aproveitamento de dados.

Mas a principal delas é a falta de implementação de um procedimento interno que seja efetivo e um sistema de TI apropriado para a norma.

Com este contexto, elaboramos este conteúdo para apontar quatro passos importantes para adequação a norma IFRS 16.

04 passos para Adequação à IFRS 16

Cada empresa deve avaliar os seus processos, recursos e profissionais necessários para garantir a melhor adequação possível à norma. Mas alguns passos simples servem para orientar as mudanças e a tomada de decisões.

         1. Organize os bancos de dados

Conhecer o tamanho do problema é o primeiro passo.  Para isso, é preciso fazer uma avaliação cuidadosa de todos os contratos que possam conter alguma operação de arrendamento.
O ideal é que você identifique as principais informações nos contratos e organize-as em bancos de dados. Eles serão fundamentais para saber quais operações devem constar no balanço e para mensurar valores.
Planilhas e procedimentos manuais funcionam bem até certo ponto e, talvez, por algum tempo.

         2. Considere colocar em prática os julgamentos contábeis

Com a atualização do banco de dados, é hora de aplicar a norma por meio do julgamento contábil.

A segunda etapa geralmente requer o estabelecimento de critérios específicos (coerentes e bem definidos) para determinar a carteiras de locação, determinar prazos e taxas de desconto, entre outros fatores, variáveis ​​relacionadas ao pagamento do arrendamento e incentivos de locação também devem ser consideradas.

É importante lembrar que esses julgamentos podem ter um impacto significativo no balanço da empresa e em alguns indicadores de desempenho.

         3. Pondere os impactos que a norma terá nos resultados

Quanto mais consistentes e claros forem os julgamentos contábeis usados, mais fácil será medir o impacto da adequação nas métricas da empresa e comunicá-las aos investidores.

Avaliar o impacto potencial nas demonstrações financeiras é fundamental para entender como essa adequação contábil afeta a saúde e o desempenho da organização.

Ao confirmar o arrendamento no balanço patrimonial, é necessário registrar as obrigações por pagamentos futuros e os ativos relacionados ao direito de uso.

Essa mudança afeta diversos indicadores como dívida e liquidez, EBIT, EBITDA, fluxo de caixa operacional e capital de giro.

         4. Detenha controles, sistemas e processos adequados

Mesmo com todos os contratos atualizados, o processo continua. Os dados do aluguel devem ser precisos e completos, os julgamentos contábeis devem ser mantidos atualizados e os lançamentos contábeis devem ser quantificados regularmente.

Assim, que a adequação a IFRS 16 se traduza em uma gestão estratégica dos arrendamentos, é necessário ter um entendimento claro das operações (macro e análise) e das previsões em diferentes situações.

Esse monitoramento pode fornecer base para a tomada de decisões e delinear estratégias para redução de custos e gerenciamento de riscos, e também para se comunicar de maneira assertiva com investidores.

Conclusão

Além de atender à norma, as etapas acima também trazem uma série de benefícios para a equipe responsável pela gestão de arrendamentos e para toda a empresa.

Informações seguras, melhor gerenciamento de tempo, maior produtividade e transparência. Você pode se tornar mais eficiente apenas organizando e otimizando os processos internos.

No entanto, o uso de software especializado para se adaptar ao IFRS 16 trará os benefícios a um nível superior, pois apenas a tecnologia pode apoiar a gestão estratégica com recursos, como contabilidade automática e integração com ERP, atualizações técnicas e jurídicas, e a geração de relatórios dinâmicos, entre outros.

A YKP é líder em soluções de tecnologia de tesouraria e planejamento financeiro para grandes e médias empresas.

A WFN Lease fornece todos os recursos necessários para gerenciar arrendamentos e contratos de locação de maneira eficaz, flexível e segura.

Quer saber mais sobre os recursos do sistema e como podemos atuar no processo de adequação da sua empresa à norma IFRS 16? Solicite um contato hoje mesmo!

Você também pode encontrar conteúdos como este no Blog Gesplan

Compartilhe este conteúdo e ajude quem precisa adequar sua empresa à IFRS 16!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Logo YKP
Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - Cj 92
(11) 2165-6900
(11) 99458-8213
marketing@ykp.com.br

Siga nos:

CONTATE-NOS

Antecipando Soluções para a Gestão de Negócios

Copyright © YKP Consultoria e Sistemas 2020

Copyright YKP Consultoria e Sistemas - 2020

Iniciar conversa
1
Vamos conversar?
Olá 👋
Posso te ajudar?